Controle de fluxos

fluxoOlá pessoal, nesse artigo vamos falar um pouco sobre estruturas de controle de fluxos que são muito utilizadas em qualquer linguagem de programação.
Muitas vezes o algorítimo tem que executar determinadas ações baseadas nas informações de entrada, ou seja, dependendo do conjunto de informações de entrada serão executadas determinados conjuntos de instrução.
Resumidamente precisamos controlar o fluxo de informações para executar as instruções corretas!
Mas especificamente vamos trabalhar com estruturas de decisão, neste tipo de estrutura o fluxo de instruções  a ser seguido é escolhido em função do resultado da avaliação de uma ou mais condições. É sempre bom salientar que uma condição nada mais é que um expressão lógica.
 
Podemos classificar as estruturas de decisão em 2 tipos:
* Se
* Escolha
 
Nesse artigo vou explanar um pouco sobre “Se” que é muito, mas muito útil no nosso dia a dia de desenvolvimento, quer seja para fins estudantis ou profissionalmente.
 
Nesse tipo de estrutura é avaliada uma expressão lógica, se o resultado for VERDADEIRO será executado um determinado conjunto de instruções. Caso o resultado dessa avaliação seja FALSO será executado outro conjunto de instruções.

As linhas abaixo demonstram como funciona a sintaxe da estrutura de decisão “Se”:

Observação:As palavras então e senão são acentuadas, mas para uso no visualg as mesmas deveram ser escritas sem acentuação.
 
É importante salientar que independente da condição ser numérica ou alfanumérica, a condição será avaliada como uma expressão lógica, ou seja, VERDADEIRO ou FALSO como veremos mais adiante.
Nem todas as estruturas usam “senão”, depende da finalidade do código e se é realmente necessário que seja executada um conjunto de instruções alternativo caso a condição seja avaliada como FALSO. Já o “Fim Se” é obrigatório porque indica o fim da estrutura.
 
Observem esse exemplo abaixo escrito no visualg, ele tem a finalidade de verificar se a idade informada pelo usuário é de uma pessoa “Maior de idade” ou “Menor de idade”.

Notem que a condição “iIdade >= 18” retorna VERDADEIRO se o valor da variável iIdade for maior ou igual à 18, nesse caso será exibida uma mensagem “Maior de Idade!”. A expressão será considerada FALSO se o valor da variável iIdade for menor que 18, nesse caso será exibida uma mensagem “Menor de Idade!”.
 
Como mencionei acima podemos também usar uma estrutura de decisão simples, sem a necessidade do uso do “senão”, nesse caso será executado somente as instruções se a condição for avaliada como VERDADEIRO, observem no exemplo abaixo:

Nesse algoritmo só é feito uma verificação, se o valor da variável cSexo é igual a “M”, se for VERDADEIRO então será exibida uma mensagem “Sexo Masculino!”, caso seja FALSO o algorítimo será finalizado sem exibir nenhum tipo de mensagem.
 
Bom pessoal, esses foram minúsculos exemplos do poder da estrutura de decisão “Se”, podemos usar 2, 3  ou várias condições nessa estrutura, claro usando os operadores lógicos “E, OU” que veremos em próximos artigos. 
Mas fica à dica para os inciantes, escrevam seus algoritmos e abusem dessa estrutura, afinal só se aprende a programar programando !!!

Até a próxima galera !!

Post relacionado:  10 Boas Práticas de Programação

Abraço..

Tags:
Show Buttons
Hide Buttons