Dica para iniciantes, entenda qual a diferença entre Aspas e Apóstrofos no PHP

Dica para iniciantes, entenda qual a diferença entre Aspas e Apóstrofos no PHPO tema de hoje gera muita dúvida, diferenças entre aspas e apóstrofos no PHP.

Inicialmente pode parecer um assunto para iniciantes mas não se enganem!

Já presenciei instrutores de cursos PHP não sabendo explicar para o aluno qual a diferença entre usar aspas e apóstrofos para delimitar strings no PHP.

Aspas x Apóstrofos

Primeiro temos que fixar que aspas (popularmente conhecida como aspas duplas) são representadas dessa maneira  e os apóstrofos (popularmente conhecido como aspas simples) são representados dessa maneira .

Diferenças aparentemente tão sutis e que passam desapercebidas no dia a dia, mas para o PHP são muito importantes pois conforme o delimitador de string informado o PHP irá processar de forma e velocidade distinta esse conteúdo.

 

Outros posts sobre PHP que podem interessar:

Corrigir charset em páginas PHP

Requisições com a biblioteca cURL no PHP

10 pegadinhas PHP escondidas na linguagem

 

Por que o PHP interpreta diferente Aspas e Apóstrofos?

Apóstrofos (‘)

No PHP strings delimitadas com apóstrofos são consideradas simples e com poucas opções para escape de caracteres (somente aceito apóstrofo ‘ e barra \) além de não interpretar variáveis.

Essas limitações exige menos esforço do PHP para processar essa string, basicamente se quisermos utilizar apóstrofos e barras dentro dessa string temos que usar uma contra barra “\” antes do carácter desejado.

Tags HTML também são interpretadas quando utilizamos apóstrofos.

Post relacionado:  Exibir erros no PHP durante o desenvolvimento | Dica

 

Aspas (“)

Quando uma string é delimitada com aspas as possibilidades para escape de caracteres aumentam além da interpretação de variáveis também ser possível.

Dessa maneira sempre que o PHP processar essa string, ele vai checar se existem caracteres de escape e também vai procurar por identificadores (nome de variáveis) dentro dessa string.

Por esses motivos fica óbvio que esse processamento tende a ser mais lento do que strings delimitas com apóstrofos.

 

Abaixo listagem das possibilidades para escape de caracteres com a utilização de aspas:

Listagem caracteres escape PHP

 

Dicas!

1 – Quando não for necessário escapar carácteres ou interpretar variáveis delimite strings com apóstrofos.

2 – Uma boa prática é delimitar com chaves {} variáveis quando estiverem dentro de strings delimitadas com aspas, as chaves identificam onde inicia e onde termina o nome da variável, facilitando a vida do interpretador PHP.

 

Bom pessoal nesse post demonstrei basicamente como aspas e apóstrofos são interpretados de maneira diferente pelo PHP e como podemos auxiliar o interpretador identificando variáveis com chaves ou trabalhando com strings simples delimitadas com apóstrofos, sempre que possível.

Para o leitor que deseja conhecer mais sobre interpretação de strings no PHP aconselho visitar a documentação oficial.

Post relacionado:  Paginação de Dados no PHP com PDO - Introdução

Se você gostou desse post compartilhe nas redes sociais, até a próxima …

Show Buttons
Hide Buttons